29/09/2010

Votação "relâmpago" do Potencial Construtivo é retirada na Câmara.

Bancada de apoio ao prefeito havia argumentado que a votação seria necessária para não atrasar o cronograma de obras na Arena. Projeto pode ser votado em 27 de outubro.
Um pedido de urgência para votação do projeto de Lei que autoriza a transferência do potencial construtivo para conclusão do estádio da Arena foi protocolado e retirado, na manhã desta quarta-feira(29) na Câmara Municipal de Curitiba.
A bancada de apoio ao prefeito havia argumentado que avotação urgente seria necessária para não atrasar o cronograma das obras no estádio do Atlético.
Se o pedido fosse aprovado, o projeto não precisaria passar pelas comissões internas da Casa, de Legislação, Economia e Urbanismo, nas quais pode receber emendas. A vereadora Professora Josete (PT) reclamou do pedido de urgência dizendo que a maior parte dos vereadores ainda não havia recebido todas as informações a respeito da legalidade do projeto.
"Além disso, um dos artigos diz que algumas regras poderiam ser regulamentadas por decreto, o que seria dar uma carta em branco à prefeitura para que ela desse a forma da Lei", disse a vereadora.
Após um acordo com as lideranças dos partidos, o pedido de urgência foi retirado, com a concordância de que o projeto passe pelas comissões rapidamente e possa ser votado dia 27 de outubro. "Vai atrasar um pouco o cronograma das obras, mas nada que atrapalhe", disse o líder do prefeito na Câmara, vereador Mário Celso Cunha (PSB).